Certificação Gemologica

Perguntas Frequentes

Pedras Preciosas, Cuidados & Curiosidades

Atendimento ao Cliente

Sites Relacionados

© SUELLEHARTS. 2018

GRG Swiss - Laboratório de Gemologia

Diamantes

A aquisição de um diamante é uma importante expressão de amor ou de realização, mas, ao mesmo tempo, esse passo representa um grande investimento para o cliente, o que torna essencial a necessidade de conhecer e compreender a qualidade e credenciais do seu futuro diamante e joia. Entenda mais sobre essa pedra precisosa e o certificado gemológico de autenticidade.

 

É quando a presença de um Certificado gemológico irá proporcionar toda a confiança e integridade necessária no momento de tomar a sua decisão de compra da sua gema preciosa que fará parte dos momentos mais importantes da sua vida. 

 

Basta olhar para um diamante, você não pode estimar o seu valor real e de qualidade. Dois diamantes olhando idênticos podem ter diferenças consideráveis, em termos de qualidade e valor monetário, não visível a olho nu. Identificar essas características podem fazer toda a diferença em um investimento de jóias

Amor. Tradição. Investimento

Como são formados  os diamantes
Adámas,
a pedra indestrutível
Diamante Hope
                    O maior                    Diamante                do Mundo
The Big Hole
                            Diamonds Are a Girl's Best Friend

Obras de Artes

da Natureza

Os diamantes estão entre as criações mais preciosas e belas da natureza. Poucas pessoas fora da indústria de joia percebem a verdadeira natureza por traz da impressionante jornada de uma pedra preciosa desde a mina até a joalheria. Esteja essa preciosidade sendo oferecida para a cliente no balcão da boutique joalheira ou em uma loja no seu destino de ferias, tratando se de uma gema genuína, o processo entre a mina ate a sua joalheria envolve uma grande quantidade de esforço e dedicação. Toneladas de terra e incontáveis ​​horas de trabalho são necessárias para separar de toneladas de rochas alguns quilates de diamantes com qualidade suficiente de transformá-lo em um item joalheiro.

Qual a importância da avaliação de sua gema preciosa? 

Imóveis, Veículos, Obras de arte. Seja quaisquer que sejam o bem de valor, todos sempre possuem no mínimo, um títulos e registro. Com a sua joia preciosa ou gema, não pode ser diferente.  Para a garantia da qualidade e pureza da sua peça preciosa, sempre se fará necessária a apresentação de um certificado de analise e qualidade. Um reporte de qualidade e originalidade seja da sua joia, da sua pedra preciosa ou do seu diamante.

Naturalmente Belos

Fatores de Qualidade de Diamante G.I.A.

O significado dos 4C's para Gemas e Diamantes

THYME NEWS

 

 

Diamantes são identificados por suas características físicas antes de uma classificação de qualidade é realizada. Desde alguns anos, não apenas imitações de diamante estão no mercado, mas os diamantes sintéticos, também. A separação nem sempre é trivial, mas praticável para os profissionais. Os diamantes naturais ainda representam a maior parte da massa comércio. O valor comercial de diamantes lapidados depende de perto a partir de quatro critérios principais de qualidade, o 4C:

 

 

4Cs do Swiss GRG – O laboratório Swiss GRG avalia e classifica todos os matériais precisos de acordo com o sistema Internacional de Classificação do Diamante e a Confederação Mundial de joias (CIBJ0). Descrevendo de forma precisa e simplificada a qualidade de diamantes incolor D-to-Z, como também a determinação da terminologia e natureza da gema preciosa ou diamante de cor.

LAPIDAÇÃO

QUILATE

COR

CLARIDADE

Lapidação

A beleza do Diamante depende muito da

qualidade da Lapidação

Para garantir a beleza e vida do diamantes, três requisitos precisam ser seguidos no momento da lapidação. O primeiro deles é a luminosidade. É a luminosidade que mede justamente a intensidade refletida dos raios luminosos.

O segundo requisito é o fogo, também chamado de brilho. O fogo do diamante nada mais é a dispersão da luz, vistas como nas cores arco-íris.

A última é a cintilação. A cintilação é uma mistura das duas anteriores, que são os flashes de luz e brilho originados nos diamantes quando eles se movem.

THYME NEWS

Entenda a classificação por corte "Lapidação"

Primeiro "C" Cut

A variação inglesa correspondente à LapidaçãoDentre muitas graduações e categorizasses surgidas com o passar do tempo, um dos quatro fatores mais importantes no momento da avaliação de qualidade de um diamantes a qualidade do corte "da lapidação". O brilho do diamante depende da entrada e saída da luz, e quanto maior a perfeição do corte, maior a simetria das facetas, resultando num brilho sem igual.

Proporção, polimento e simetria  –  Derivados do termo em inglês "Triplo X". Proporção, polimento e simetria correspondem as três sub-características do corte da pedra preciosa. Uma pedra considerada Triplo X, obtém a classificação maxima de perfeição de corte. Caracterizada com triplo “excelente”.

    Proporção, 
 
         Polimento
            Simetria
            Perfeita Lapidação
           Máxima Avaliação

Quilate

Herança dos Gregos

Quando se trata de um diamante precioso os quilates fazem toda a diferença!

O Carat, traduzido para o português significa “quilate”. O quilate é considerado por muitos da indústria joalheira como o fator mais importante dos do grupo dos 4 Cs; A terminologia carat, evoluída do nome “quirat” teve sua origem na Grécia Antiga, onde os gregos utilizavam como contrapesos em suas balanças arcaicas, sementes de alfarroba, comumente conhecida como Acácia.

Por exemplo:

 

1 ct             –        100 pontos

1 ct             –        199 pontos

0,99ct          

0,01ct          

           –        191 pontos

A ideia e preferência dos gregos por utilizarem essas sementes era dada devido ao tamanho e uniformidade das pequenas sementes, que sempre possuem a mesma forma e o mesmo peso. Sempre pesando 200 miligramas!

O quilate, ou “ct” em forma abreviada, equivale a 200 miligramas, ou seja, 1/5 de um grama. Onde vale ressaltar também outro detalhe importante na nomenclatura dos diamantes, os Pontos —Nomenclatura atribuída a pedras de medição inferiores a 1ct. 

Peso  &  Valor

Diamantes para qualidade joalheira são raros, e em grandes proporções também!

Por isso, quanto maior a pontuação do diamante, maior será o seu valor e raridade!

Devida a raridade em encontrar diamantes com qualidade joalheira, os diamantes são considerados gemas de altíssima raridade, e encontra-los em tamanhos significantes os torna mais raros ainda. O que torna os diamantes mais valiosos, na medida em que suas proporções aumentam maior será a sua valorização no mercado joalheiro, contanto que seus outros padrões de qualidade não interfiram na beleza dos diamantes. Onde o quilate é considerado como o “fator de desempate”, em gemas com semelhantes qualidades. Pois, o peso primeiro dos valores a ser relacionado quando se pretende saber quanto um diamante custa.

Sempre vale ressaltar que quanto maior o tamanho de um diamante maior será a sua raridade. Logo, um diamante de 4ct não custa o dobro de um diamante de 2ct. Pois o grau de raridade de um diamante de 4ct. é ainda mais extremo, por isso. A tabela de avaliação de valorização e preços dos diamantes é muito meticulosa, e altamente adaptada para o grau de raridade do diamante. Onde mantem um padrão de valorização universal, e por essa mesma razão, a compra ade um diamante, não é somente um símbolo de luxo, como também uma forma inteligente de investimento.

Quase Incolor

Quase Amarelado

 Levemente Amarelado 

Amarelo Claro

Incolor

Quase Incolor

Quase Amarelado

 Levemente Amarelado 

Amarelo Claro

Cor

Descubra mais sobre a preciosidade por traz dos

Diamantes Incolores!

Quando se trata de um Diamante incolor, a ausência de qualquer traço de cor é fundamental na hora de classificar a "cor" do seu diamante. Pois na medida em que sua cor é mais próxima ao incolor, ou seja, maior será o valor do seu Diamante e por esse fator ser tão importante, inúmeras organizações gemológicas trabalham na inovação tecnológica e para garantir a continuidade do padrão de qualidade de análise a nível de reconhecimento mundial. Onde o sistema de avaliação mais aceito no mercado continua sendo a escala de graduação de cor desenvolvida pelo Instituto Gemológico da América – GIA. 

Onde a classificação da ausência de cor do diamante é dada através da comparação entre o diamante analisado e um conjunto de "masterstone" — Uma sequencia de diamantes estritamente selecionados de acordo com os seus tons de cor, internacionalmente reconhecidos pela variação de cores (D a Z).

 

A organização é feita em ordem crescente e tem seu início marcado pela letra D — onde a letra D representa o diamante mais incolor. Com o e término na letra Z — Representando o grau máximo de cor em um diamante; considerado incolor de tom Amarelo Claro. 

 

A variação de tons incolores

Grupo de Diamantes Incolores                                 D ; D+ ; E ; E+;F

 

Grupo de Diamantes Quase Incolores                                   G ; H ; I ; J

Grupo de Diamantes quase amarelados                              K ; L ; M

Grupo de Diamantes Levemente Amarelados                 N ; O; P; Q; R

Grupo de Diamantes Amarelados Claros                                      S  – Z

             A variação de tons incolores é compreendida entre cinco super categorias:

 

Diamantes Incolores & Fancy Diamonds

A analise e distinção no momento da avaliação de cores nos diamantes é muito sutil, onde somente profissionais altamente habilitados — Gemologistas; podem realizar a identificação do tom de cor do diamante incolor, com a ajuda imprescindível de equipamentos gemológicos especialmente desenvolvidos para a ratificação dos testes.

Para os diamantes com o nível de saturação superior a Classificação Z (Grupo de Diamantes Amarelados Claro) estes diamantes não poderão ser considerado como diamante incolor mas como um diamantes de cor, conhecidos pelo termo internacional “Fancy Diamonds”. Onde os diamantes de cor serão anualizados através de uma outra forma de classificação, especialmente desenvolvido para diamantes de cor, sendo valorizados pela intensidade da cor presente no diamante.

Descubra mais sobre os detalhes que realmente 

fazem toda a diferença

Claridade

 

O penúltimo fator determinante de valor do diamante incolor

 

Classificação dos diamantes Incolores de acordo com a claridade

 

O ultimo dos 4cs, a claridade

Ate então já estudamos os outros três fatores de maior influencia no momento de determinar o valor de um diamante, os 4cs: carat (significa quilates e representa o peso do diamante), a cor, o corte ou lapidação, e por fim, o ultimo dos 4cs, a claridade - O penúltimo fator determinante do valor do diamante incolor.

Quando se fala da claridade de um diamante incolor, é a aparência do diamante que esta sob julgamento. É no momento da avalição da claridade, em que o gemologista analisa todas as imperfeições ou alterações naturais encontradas no diamante, determinando a significância por trás desse fator, identificando a existência ou não de defeitos e / ou inclusões encontradas no mesmo. Sejam estes, internos ou externos, qualquer anomalia ou substancia considerada como impureza ou defeito ira ter um grande impacto no momento de determinar a Claridade do Diamante Incolor.

 

Credit: GIA, "Ballerina" – Unique diamond inclusions

Novamente, o sistema de determinação de claridade em diamantes incolores mais aceitado universalmente é o sistema de classificação desenvolvido pela Instituto de gemologia da América – GIA. Um sistema incrivelmente simplificado que mostra com nitidez a metodologia de classificação da claridade de um diamante.

 

Credit: Stephen H. Richardson, University of Cape Town

Grande parte da claridade de um diamante, é caracterizada durante a formação do diamante. Que ocorre a quilômetros de profundidade no interior terrestre, sob calor e pressão extrema. Já que os diamantes se formar no interior da Terra, grande parte dos diamantes que contem qualidade suficiente para o uso joalheiro, contêm marcas de nascença. Características únicas, somente encontradas em diamantes, tão singulares como uma “impressão digital”. Assim são chamada de inclusões, manchas ou imperfeições; podendo estas serem internas ou externas.

Parte das inclusões encontradas nos diamantes são de origem natural, ou seja, acontecerem durante a formação do cristal. E por esse fator ser tão comum entre os diamantes, a inexistência de quaisquer inclusões ou defeitos, torna o diamante ainda mais precioso. Ou seja, quanto menor a existência de defeitos ou inclusões maior será o valor do diamante incolor!

 

Imitações e Sintéticos

 

Conheça algumas das razões que explicam o porque da

necessidade de avaliar a sua joia ou gema preciosa.

 

Instrumentação científica – O Laboratório dispõe de instrumentos modernos e uma magnífica coleção de materiais preciosos. Com um núcleo de pesquisa focado nas propriedades científicas de cada mineral avaliado afim de desenvolver novos métodos de identificação natural, sintética e identificação de novos tratamentos de gemas. 

A utilização do uso de espectroscopia avançada para a detecção de diamantes naturais, analisando-o do espectro de fotoluminescência​.

 

 

comercialização de pedras sintéticas 

como diamantes naturais

Gemas Sintéticas – Detecção de gemas sintéticas e tratados cada vez mais sofisticados de hoje exigem exame usando instrumentos científicos altamente avançadas. O laboratório Swiss GRG é equipado com prestigiosas ferramentas analíticas. Equipamento que permite-nos examinar o material com alta ampliação, a fim de documentar propriedades gemológicas, composição química, características espectrais entre outras características. 

Precisão e consistência – O Swiss GRG opera sob o mesmo conjunto de procedimentos padrões de analise gemológica seguindo os princípios e padrões de pesquisa internacionais, destinado a assegurar a objetividade e precisão de cada reporte gemológico emitido pelo laboratório. 

 

Padrões – O Swiss GRG segue rigidamente os métodos de avaliação e melhora de práticas para avaliação de joias, pedras coloridas, diamantes e pérolas

 


Detecção – Todos os dados dos materiais pesquisados de natureza desconhecida, são coletados pelo laboratório e são arquivados em um extenso banco de dados de pesquisa do Swiss GRG, para o estudo e uso como referências para futuras avaliações, ajudando no processo de detecção de novos materiais minerais que entram no mercado. 
 

 

A utilização do uso de espectroscopia avançada para o uso automático de fotoluminescência (PL) para testes em jóia.

“ Joias preciosas são tesouros que o brilho não se apaga com o tempo”